quarta-feira, 3 de agosto de 2016

terça-feira, 26 de julho de 2016

Não realização de "coaching" pelo GELT



Prezados interessados em participar do GELT,


A resolução 34/2007 do CNJ foi recentemente alterada pela Resolução 226/2017, proibindo a atividade de “coaching, similares e congêneres” por parte de magistrados.


Frisamos que o curso GELT não se caracteriza, em absoluto, como “coaching”, similar ou congênere, os quais exigem um acompanhamento personalizado, com encontros regulares entre o “coach” e seu assistido (“coachee”), virtuais ou presenciais, orientações de cunho  pessoal, psicológico e comportamental, bem como disponibilidade do “coach” para atendimento de necessidades diversas do seu “coachee”, características que se inferem do voto do Exmo. Conselheiro do CNJ que resultou na alteração da citada Resolução (Procedimento de Competência de Comissão - 0000593-97.2016.2.00.0000). Nenhuma dessas atividades é oferecida pelo GELT.


Como é sabido pelos nossos alunos, nosso sistema envolve o fornecimento de material didático elaborado pelos professores do GELT (apostila de sentença trabalhista), fornecimento de bibliografia, correção de questões discursivas e sentenças, bem como seleção e envio para os participantes das melhores respostas da rodada. Tratando-se de rodadas semanais e tendo o GELT um total de 4 professores, todos Magistrados Trabalhistas, cada um atua no curso apenas uma semana por mês, de forma que não restem prejudicadas as atividades judicantes.


Desde o início do GELT, sempre mantivemos um canal aberto com os alunos para sanar eventuais dúvidas na preparação das provas discursivas e sentença, compromisso que confirmamos, apenas esclarecendo que as respostas estão limitadas aos conteúdos abordados nas rodadas.


Assim, apenas serão respondidas dúvidas estritamente relacionadas às questões discursivas ou sentenças objeto de rodadas do GELT, ficando vedada a resposta a questionamentos diversos, seja de ordem pessoal ou mesmo técnico-jurídica, a fim de evitar interpretação no sentido de que há acompanhamento pessoal na preparação dos candidatos.


Informamos, outrossim, que não serão realizados encontros com os participantes para tratar de preparação para o concurso, sejam pessoais, por Skype ou meios similares.


Contamos com a compreensão de todos, reafirmando nosso compromisso com a qualidade na correção das peças, bem como na seleção e envio das melhores respostas da rodada.

Para mais informações, por gentileza, envie e-mail para geltadm01@gmail.com.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Conheçam o GELT


Olá, queridos loucos por trabalho!

O GELT surgiu do reencontro de amigos da faculdade, loucos por trabalho, que pretendem compartilhar sua experiência e conhecimento adquiridos em anos de estudos para concurso, e posteriormente no exercício da magistratura trabalhista.

Com este intuito formamos nossa equipe para fornecer serviço docente voltado à preparação de alunos concurseiros, priorizando a realização de rodadas semanais de provas discursivas e sentença, com a correção realizada pelos professores. Além disso, fornecemos material didático produzido pelos professores.

Nossa equipe é formada pelos experientes juízes do trabalho e professores de curso preparatório para concursos da magistratura do trabalho, Adalberto Ellery Barreira Neto e Vladimir Paes de Castro, somada ao trabalho do magistrado Rafael Carneiro e da professora de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho e também magistrada, Theanna de Alencar Borges, à frente do blog Loucos por Trabalho. 

Saibam como é a metodologia de ensino do curso GELT, sendo que ressalvamos que não fornecemos qualquer serviço de coaching ou similar. Cada professor atua no curso apenas uma rodada semanal por mês, de forma que não restem prejudicadas as atividades judicantes. Confira o informativo do GELT neste link.

Acompanhem as novidades do GELT no facebook, curtindo a fan page do Grupo de Estudos Loucos por Trabalho e adicionando-a à sua lista de interesses.

Sejam bem vindos ao GELT!

Para mais informações, por gentileza, envie e-mail para geltadm01@gmail.com.

terça-feira, 21 de julho de 2015